7500+ artigos disponíveis em stock
🎄 Regresso possível até 31.01.2023
Seu parceiro para astronomia
Revista > Prática > Conselhos e Truques > Visão geral das montagens EQ
Prática

Visão geral das montagens EQ

As montagens da série EQ são omnipresentes — muitos fabricantes disponibilizam-nas em conjunto com os seus telescópios. Uma visão geral.

Montierung Heq5 Pro Weiss Wiese Natur

Os fabricantes comuns de telescópios oferecem frequentemente as montagens da série EQ. Estas estão disponíveis, consoante o tamanho e estabilidade, nas séries EQ-1, EQ-2 e EQ-3. A Synta, uma empresa que fabrica os aparelhos da marca Skywatcher, desenvolveu ainda as séries topo de gama EQ-5, HEQ-5 e EQ-6. Trata-se de montagens muito populares e amplamente utilizadas, que dispõem de uma construção equatorial.

EQ-1

A montagem EQ-1 é a mais leve e foi pensada exclusivamente para pequenos telescópios. Se fixássemos um telescópio relativamente grande à montagem, não haveria estabilidade suficiente. O resultado seria uma grande ou muito grande propensão para tremores.

Ao utilizarmos um telescópio grande numa montagem pequena, as oscilações e tremores são tão fortes que retiram o prazer da observação. É por este motivo que uma montagem adequada é tão importante como uma boa ótica.

A montagem EQ-1 está normalmente disponível em conjunto com um telescópio newtoniano 114/500 (ou seja, uma abertura de 114 mm e uma distância focal de 500 mm) ou como pequeno refrator 80/400 sobre um tripé de mesa.

EQ-2

A montagem EQ-2 é ligeiramente mais estável, razão pela qual estão disponíveis telescópios ligeiramente maiores. A estabilidade é suficiente para a observação visual. No entanto, nem a EQ-1 nem a EQ-2 são particularmente adequadas para fins fotográficos.

Para a EQ-2 estão disponíveis os telescópios newtonianos 114/900, 130/650 e 130/900. No que toca aos refratores, temos o 70/900 e o 90/900.

EQ-3

A montagem EQ-3 é ligeiramente mais estável do que as duas montagens anteriores. É disponibilizada em conjunto com o telescópio newtoniano 150/750 ou 150/1200 e refratores 102/1000 ou 120/600. Ao compararmos a EQ-3 com a EQ-2 percebemos que a primeira é mais robusta. E é preciso que o seja, uma vez que as óticas são mais pesadas do que as óticas pequenas. O refrator 120/600 estabelece aqui um limite superior. A sua distância focal e o comprimento de montagem são mais curtos. Por conseguinte, a oscilação não terá o efeito que teria se na montagem estivesse fixado um refrator longo. Isto porque uma ótica muito longa tem um efeito de alavanca maior, o que impõe novamente maiores exigências à montagem.

A EQ-3 já permite integrar um buscador polar. Isto faz com que seja possível alinhá-la com precisão com o polo norte celeste. Ao reequiparmos um conjunto do motor, já nos podemos iniciar na astrofotografia. No entanto, aqueles que tiverem grandes exigências em matéria de fotografia ou já estiverem num patamar mais avançado, vão querer optar pela grande montagem HEQ-5.

EQ-5

A montagem EQ-5 é uma variante grande e estável das versões simples. Desde que esta montagem esteja unida a um telescópio que não seja demasiado pesado, temos uma construção sólida. A EQ-5 está disponível em conjunto com um telescópio newtoniano 200/1000 ou com o refrator 120/1000. A EQ-5 é uma réplica da clássica montagem GP da Vixen. Podemos também acrescentar um buscador polar a esta montagem. Seria útil também reequipá-la em termos motores, uma vez que nos permite dedicar toda a nossa atenção aos objetos celestes durante a observação e nos livra da maçada que é retificar os eixos.

HEQ-5

Uma versão muito mais estável em relação à EQ-5 é a montagem HEQ-5 de alta qualidade. Foi totalmente concebida para a astrofotografia e já inclui dois motores de seguimento no seu design elegante. Se quiser tirar fotografias do céu, esta montagem é a escolha ideal. No entanto, dado que a astrofotografia impõe exigências relativamente altas em termos de estabilidade, a montagem não deve ser sobrecarregada. É adequada para telescópios newtonianos de até 200 mm ou refratores de até 150 mm de diâmetro. Também se pode utilizar um Schmidt-Cassegrain de 200 mm.

EQ-6

A montagem mais pesada desta série é a EQ-6. À semelhança da HEQ-5, a EQ-6 tem dois motores e um comando. Do volume de fornecimento faz ainda parte um buscador polar com iluminação. Esta montagem é consideravelmente mais pesada do que a HEQ-5 e adequa-se a telescópios newtonianos com uma abertura de até 250 mm. Não pode, porém, carregar mais do que 18 kg. Em comparação com outras montagens pesadas, equiparáveis em termos de capacidade de carga, a EQ-6 supera qualquer uma delas em termos de preço. É excecional não só para a observação visual, mas também para fotografar. Quando os tempos de exposição e as distâncias focais são longos, é possível ainda ajustar a montagem para aumentar a sua precisão de funcionamento. Contacte-nos para qualquer pedido e discutiremos tudo o que for necessário.

Montagens recomendadas